9/23/2012

Amor não correspondido

Saber que é possível viver sem você. Se emocionar com a vida. Com esses doces que povoam os jardins. As crianças com o rosto no sol.As bailarinas de papel. Dançar livre nesta sala vazia. Observar os movimentos do bambuzal lá fora. Alguns muros pichados nas ruas. As cores das figuras na cidade cinza. Monstros de mentira.Monstros de verdade. Ter vontade de atravessar os portais da luz fotográfica na primavera da lha da Magia. Ter saudade de existir em algum lugar. Ter vontade de outros braços, outros pés para me socorrer. Sentir a carapuça se desmanchar com as lágrimas. Saudade que desliza sobre o rosto.Suas mãos suadas que um dia me fizeram dormir. Saber que é possível abrir os armários do passado. Lavar as roupas, estendê-las. Entendê-las.Libertá-las. Querer estar azul. Se estender um pouco mais sobre o gramado.Ouvir. Um dia eu suspirei mais feliz.Porque eram dois. Porque era o seu retrato, você: o belo. Sorrio. Poder amar você. Amar você.Bordar um ponto de luz. A casa dia. Acaso. O que é belo não pode ser meu. O que é belo não se pode conter. O que é belo precisa percorrer todo o universo na ponta do dedo.

3 comentários:

Luís Gustavo Brito Dias disse...

O amor transforma. Pode parecer engraçado, mas sempre que penso na "não correspondência do amor" não consigo acreditar em tal possibilidade...
A interação da alma, do inconsciente, - como esta - é capaz de difundir e espalhar ao universo o que somos - ou o que nos tornamos - quando mesmo por um segundo, nos conectamos com o que nos significa o amor.

Grande abraço, Ryana por essas palavras tão bonitas.

silvioafonso disse...

.



Aquilo que aconteceu
comigo pode acontecer
com qualquer um...

Detalhes no meu blog.

Beijos,

silvioafonso






.

Fanzine Episódio Cultural disse...

GRUPO ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS. É só acessar e seguir este grupo no Facebook). Participe enviando seus poemas, contos, crônicas, biografias culturais, projetos, eventos culturais, textos, sugestões de discos, livros, filmes, autores, etc. https://www.facebook.com/groups/149884331847903/
------------------------------------------------------------------
EU QUERIA...

Eu queria compor um poema
Que ao ser declamado
Se transformasse em um eterno sonho.
Mas os sonhos são apenas desejos
Que se dissolvem com o raiar do dia...

(Agamenon Troyan)