10/28/2010

Transol*

Me sinto uma pulga
passando na catraca
dizendo "Oi"
para o cobrador

sendo loucomovido
por essa imensa

caixa azul



Ryana Gabech e Filippi DeLucca

4 comentários:

Í.ta** disse...

essas escritas a mais de duas mãos são tão tão boas! eu fico assim pensando: este verso é deste. este é deste. ou não. um exercício maravilhoso de leitura!

fiz algo assim lá no um-sentir :)

beijos!

rcp disse...

oi!

anamaria disse...

Ryana,eu e minha filha Mariana compramos teu livro no sábado,no Restaurante Restinga,em Samabaqui.
Estou adorando.
Como te falei faço formatações para duas comunidades no orkut.Peço-te permissão para que possa usar teus poemas,uma frase nelas.
Já sou tua seguidora.
Beijos com carinho.

BETO FERNANDES disse...

Esse é o que podemos chamar de um blog fabuloso.

Parabéns e mais sucessos ainda. Gostei mesmo.

Escrita fácil, inteligente e cativante.

Um abraço.

Beto Fernandes
www.betofernandes.com