12/27/2011

Antes de amanhecer uma barata



Esta madrugada
eu pretendia descansar.

O mundo me atravessando avassalador
ofegante desejo de erguer as pernas
des
cansar.

Então, tomei os comprimidos
de tédio
o mesmo livro de sempre
e uma barata cruzou o quarto
uma barata muito grande

quatro tentativas de eximir
uma espécie antes do amanhecer

asquerosa
me enfrenta, passeia na sala.

Mudo de quarto
ela entra pela fresta da porta
não vou apagar a luz
ela gosta de escalar
corpos vivos,
edredons
gavetas de papéis
pode querer minha boca.

Abro as janela,
pego o chinelo
quase vencida
matoa-a.

Preciso de mais naftalina
ou coragem
penso.

6 comentários:

DeiSiá, disse...

adorável poema dona moça!

e eu que me vejo - em tantas madrugadas que levanto a ir beber água na casa da avó, tentando alcançar a cozinha distante, no último cômodo -

quantas lutas travadas com baratas - no plural mesmo - aranhas e afins...

a gente saí ofegante, mas quase sempre consegue

não tem como ignorar, coragem de certo modo já temos. No entanto, para prevenir é bom um pouco mais das duas - coragem e naftalina!

Um beijo na senhorita!

O Cercadinho disse...

Seguido leio o teu blog, interessantes teus posts.
Te escrevo para divulgarmos nosso blog, ainda está em processo de expansão. Se quiser nos acompanhar e dar umas risadas: www.o-cercadinho.blogspot.com
Será um prazer te ter nos visitando lá. O que é O Cercadinho? Segue uma apresentação para te situares. Em cada relacionamento afetivo, os envolvidos ficam restritos a um espaço, O Cercadinho, onde acontecem as interações. Em algumas fases, está cheio de "queridas", mas em outros, quase vazio. O Cercadinho é o resultado das conquistas amorosas, onde cada um preenche à sua maneira e gosto. Pode ter o critério de cotas e uma de cada: loira, morena, mulata, ruiva e/ou japa. Com faixas etárias e tipos variados. Até monogâmico com apenas uma mulher selecionada.
Neste blog, somos cinco homens escrevendo relatos e histórias, sem pretensão literária sobre O Cercadinho. Heitor faz o estilo confuso e rebuscado. Apaixonante e cafajeste, este é Wanderlei. Já Cebola faz o estilo 100% sincero e sem rodeios. Seco, objetivo e um pouco bagual com sentimentos, assim é Iberê. E Marcão, bom, esse é trash total. Entre no nosso Cercadinho e boa leitura.
Iberê

ELAS disse...

Caracaaa.....tenho verdadeiro pavor desse monstro!!! a barata!
Mesmo sem ser convidada entra em nossa casa como se fosse a dela.
Mais nojento ainda é ter que matá-la, por mim, abriria a porta e a deixaria sair.....rsrsrsrsr

Liah disse...

Suas escritas são sensacionais!
Já sou seguidora e convido-te a conhecer meu blog.
Fique à vontade Na minha Sala de Estar!
Um grande abraço!

Igor Carvalho disse...

Olá amado irmão, venho lhe convidar a leitura deste texto tão importante para nossa sociedade hoje:

http://semeadordeamor.blogspot.com/2012/02/conscientizacao.html

Tenha um lindo dia!

Jason2011 disse...

Monster Beats